Pesquisadores da UNIFEI reduzem toxidade do cromo para descarte seguro

Muito utilizado na indústria metalúrgica, o cromo seis pode representar um grande perigo a natureza. Isso porque, quando descartado na forma seis, considerado altamente toxica, o cromo pode contaminar rios, peixes e vegetação.

Pesquisadores da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), estão desenvolvendo um método capaz de transformar o cromo seis em cromo três que representa um nível menos tóxico. A idéia é diminuir a toxidade para que se possa reutilizar este material ou até mesmo descartar de maneira segura.

Saiba mais sobre o projeto na matéria que tem produção de Nilcéia Fraissat e voz de Enio Moreira. Ouça a matéria completa aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s